PAULICÉIA, 19 DE SETEMBRO DE 2017. SEJA BEM VINDO! ACESSO RESTRITO

NOTÍCIAS
03-JUL-2017

Prefeitura e Coordenadoria de Saúde contrata profissional para o teste da orelhinha

PREFEITURA MUNICIPAL DE PAULICÉIA, ATRAVES DA COORDENADORIA DE SAÚDE CONTRATA PROFISSIONAL PARA REALIZAR TESTE DA ORELHINHA.

Fonte: Assessoria Prefeitura Municipal de Pauliceia/ Por: Geovanni Gomes

Prefeitura Municipal de Paulicéia, através da Coordenadoria de Saúde contrata profissional para realizar teste da orelhinha. Com uma demanda significativa, coordenação de saúde notou a necessidade de ter no município este profissional.

 

O atendimento terá inicio neste dia 05 de julho de 2017 no Centro de Saúde local, o serviço deve acontecer a cada dois meses, o agendamento esta sendo realizado no momento da coleta do exame do pezinho das crianças.

 

 TESTE DA ORELHINHA

Simples e essencial ao bebê

Um dos sentidos mais importantes para o desenvolvimento completo da criança é a audição. O bebê já escuta desde bem pequeno, antes mesmo de ser erguido pelo doutor em sua apresentação ao mundo. Isso acontece a partir do quinto mês de gestação, onde o bebê ouve os sons do corpo da mamãe e sua voz.

É através da audição e da experiência que as crianças têm com os sons ainda na barriga da mãe que se inicia o desenvolvimento da linguagem. Qualquer perda na capacidade auditiva, mesmo que pequena, impede a criança de receber adequadamente as informações sonoras que são essenciais para a aquisição da linguagem.

Depois dessas informações fica mais fácil saber a importância do Teste da Orelhinha, ou Triagem Auditiva Neonatal, que é realizado à partir do segundo ou terceiro dia de vida do bebê. Ao contrário do nome parecido com o teste do pezinho, no Teste da Orelhinha não é preciso fazer um furinho na orelha do bebê.

Esse exame consiste na colocação de um fone  na orelha do bebê que emite sons de fraca intensidade e recolhe as respostas que a orelha interna do bebê produz.

O exame logo ao nascer é imprescindível para todos os bebês, principalmente àqueles que nascem com algum tipo de problema auditivo. Estudos indicam que um bebê que tenha um diagnóstico e intervenção fonoaudiológica até os seis meses de idade pode desenvolver linguagem muito próxima a de uma criança ouvinte.

O grande problema é que a maioria dos diagnósticos de perda auditiva em crianças acontece muito tardiamente, com três ou quatro anos, quando o prejuízo no desenvolvimento emocional, cognitivo, social e de linguagem da criança está seriamente comprometido.

Fácil, rápido e sem dor: o Teste da Orelhinha é realizado com o bebê dormindo, em sono natural, é indolor e não machuca, não tem contra-indicações e dura em torno de 10 minutos. 

Portanto, o Teste da Orelhinha é algo fundamental ao bebê, já que os problemas auditivos afetam a qualidade de vida da criança, interferindo no processo da fala, entre muitas outras coisas. O exame pode ser realizado por um médico otorrinolaringologista ou uma fonoaudióloga quando houver alguma suspeita de perda auditiva no seu filho.

 

PROFISSIONAL CONTRATADA: 

CLEIRE DE ALMEIDA BERETTA                                        

FONOAUDIÓLOGA - CRF 12869

 

 

 

 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
MAPA DO SITE

GALERIAS